segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Passatempo Maligna


Joanne Harris é a autora do bestseller Chocolate. Está portanto dispensada de quaisquer apresentações. É a sua obra mais recente, agora editada pela ASA, que temos para vos propor esta semana.
Temos 1 exemplar para oferecer, pelo que serão consideradas válidas todas as participações efectuadas até ao final do dia 6 de Novembro de 2011.

Para poder ser vencedor deste passatempo terá de ser seguidor activo do blogue Conspiração das Letras. Caso ainda não seja, poderá fazê-lo na caixa de "Seguidores da Conspiração" existente na Página Inicial.

As participações estão limitadas a uma por pessoa e, dadas questões relacionadas com o envio do prémio, só aceitamos participações de residentes em Portugal.

Sinopse:
Algo dentro de mim recorda e não esquecerá…
Alice e Joe têm em comum a paixão pela arte - ela é pintora e ele é músico – e, em tempos, estiveram também unidos pelo amor que sentiam um pelo outro. As suas vidas seguiram diferentes rumos, mas o reencontro é inevitável. Joe tem agora uma nova namorada, Ginny, que provoca em Alice uma intensa perturbação. A beleza etérea e singular de Ginny repele-a, e o seu sinistro grupo de amigos atemoriza-a.
Os hábitos estranhos da jovem deixam Alice suficientemente inquieta para levar a cabo uma investigação por conta própria. E o que descobre vai mudar tudo. Ginny tem em seu poder um velho diário que conta a trágica história de amor de Daniel Holmes e Rosemary Virginia Ashley, cujo poder de sedução não conhece limites. Só que Rosemary morreu há meio século… mas o seu magnetismo não está certamente extinto.
À medida que as histórias se entrelaçam, passado e presente fundem-se; Alice apercebe-se de que o seu ódio instintivo em relação à nova namorada de Joe pode não se dever apenas ao ciúme, já que algo em Ginny a arrasta irremediavelmente para um universo de insondável obsessão, vingança, sedução e sangue…

BOA SORTE!!!



Passatempo Uma espécie de sono - Resultados


Apresentamos os 3 vencedores do passatempo Uma espécie de sono.

1 - Cátia Carvalho  - Guimarães
2 - Brigite Afonso Beato - Vila Meã
3 - João Paulo Pastaneira Mira - Póvoa de Santa Iria

Para além de publicados aqui, os resultados serão comunicados aos vencedores por email.

Caso algum dos vencedores não responda ao email de notificação no prazo de uma semana será seleccionado um outro vencedor.

Por último, um agradecimento especial à Babel  pelo apoio na realização deste passatempo.
Obrigado ainda a todos os participantes.

Novidades Planeta: Lançamentos na 2ª Quinzena de Outubro

O príncipe da neblina - Carlos Ruiz Zafón

Um diabólico príncipe capaz de tornar realidade qualquer desejo... a um elevado preço!

Sobre a obra:
A história decorre numa aldeia da costa sul inglesa durante o Verão de 1943, localidade para onde a família Carver se mudou.
A nova casa dos Carver está rodeada de mistério. Respira-se e sente-se a presença do espírito de Jacob, o filho dos antigos donos, que morreu afogado.
As estranhas circunstâncias dessa morte só se começam a perceber à medida que os jovens Max, a irmã Alicia e o amigo Roland vão descobrindo factos muito perturbadores sobre uma misteriosa personagem de seu nome… o Príncipe da Neblina.
Os três jovens terão de enfrentar esta diabólica figura capaz de tornar realidade todos os desejos em troca de um elevado preço.
Sobre o autor:
Carlos Ruiz Zafón nasceu em Barcelona, em 1964, e é um dos autores mais lidos e reconhecidos em todo o mundo. Inicia a sua carreira literária em 1993 com O Príncipe da Neblina, a que se seguem O Palácio da Meia-Noite, As Luzes de Setembro e Marina.
Em 2001 é publicado o seu primeiro grande romance, A Sombra do Vento, que rapidamente se transforma num fenómeno literário internacional. As suas obras foram traduzidas em mais de quarenta línguas e conquistaram numerosos prémios e milhões de leitores no mundo inteiro.

208 páginas
PVP: 17,76 €


A torre de vigia - Ana María Matute

Sobre a obra:
Este é um singular romance de cavalaria, narrado na primeira pessoa e situado num mítico reino medieval, mágico e sensual.
A autora narra com uma sensibilidade moderna, os anos de formação e de aprendizagem de um jovem cavaleiro, no decurso de um enredo repleto de heroísmo, superstição e barbárie.
A descoberta conflituosa do mundo, a memória, o desejo e a dificuldade em firmar as relações da infância na adolescência marcaram os anos do jovem herói, um prisioneiro num mundo onde tudo é governado por instintos primitivos, como o amor, ódio, violência, solidão, crueldade e nostalgia.
Um retrato alternativo de um universo inquietante e misterioso e, ao mesmo tempo, selvagem e apaixonado.

Sobre a autora:
Ana María Matute nasceu em Barcelona em 1925. Recebeu os prémios literários mais prestigiados pela sua obra, na qual figuram os romances Los Abel, Fiesta al Noroeste (Premio Café Gijón, 1952), Pequeño teatro (Premio Planeta1954), Los hijos muertos (Premio de la Crítica 1958 e Premio Nacional de Literatura 1959), Primera memoria (Premio Nadal 1959), Los soldados lloran de noche (Premio Fastenrath da Real Academia
Española 1962), Olvidado Rey Gudú e Aranmanoth.
Matute criou uma linguagem poética e emocional que marca a sua obra, frequentemente ancorada nos universos da infância e da adolescência, em cenários do pós-guerra. Fez também incursões pelo tempo e universos medievais, que ocuparam os seus últimos livros, e é uma referência na literatura infantil.
Candidata ao Nobel, é membro da Real Academia Española e da Hispanic Society of America. Em 2007 foi galardoada com o Premio Nacional de las Letras pelo seu percurso literário, o que a torna na primeira mulher
espanhola a receber tão alto galardão literário.
Em 2009 a Planeta publicou Paraíso Inabitado, considerado pela crítica um dos mais brilhantes romances da autora. A 27 de Abril de 2011 recebeu o Prémio Cervantes, o maior prémio da literatura em castelhano, corolário de uma carreira brilhante.

224 páginas
PVP: 18,80 €


Tormento - Lauren Kate

Sobre a obra:
Esta história de amor entre anjos e humanos fascinou milhares de leitores e Tormento já alcançou o estatuto de best-seller, poucos dias após a publicação.
Quantas vidas é preciso viver antes de encontrar alguém por quem valha a pena morrer?
O inferno na Terra. É como Luce se sente por estar longe do namorado, o anjo caído Daniel. Levaram uma eternidade a encontrarem-se e agora ele diz-lhe que tem de partir. Afastar-se para perseguir os Proscritos – imortais que querem matar Luce. Daniel esconde Luce em Shoreline, um colégio na rochosa costa da Califórnia com estudantes estranhamente dotados: os Nefilim, filhos de anjos caídos e humanos.
Em Shoreline, Luce fica a saber o que são as Sombras e como as pode usar por serem janelas para as suas vidas anteriores.
Mas, quanto mais aprende mais suspeita que Daniel não lhe contou tudo. Oculta-lhe qualquer coisa… qualquer coisa perigosa. E se ele lhe mentiu sobre o passado em comum? E se Luce estiver na realidade destinada a ficar com outra pessoa?

Sobre a autora:
Nascida e criada em Dallas, Lauren Kate estudou em Atlanta, mas foi em Nova Iorque que se iniciou na escrita. Depois da publicação de The Betrayal of Natalie Hargrove, descobriu o êxito com Anjo Caído.
Lauren Kate é professora e tem um mestrado em Escrita Criativa pela Universidade da Califórnia – Davis. Reside com o marido em Los Angeles.
Visite o sítio da autora em: http://laurenkatebooks.net/

328 páginas
PVP: 17,76€
Tradução: Inês Castro


Sangue derramado - Åsa Larsson

Um policial de grande sucesso mundial publicado em mais de 16 países.

Sobre a obra:

A história é construída como um thriller até ao fim, com cenas capazes de deixar o leitor sem fôlego.
Com Sangue Derramado, a autora volta a envolver-nos na inesquecível e inquietante atmosfera de Kiruna. É Verão na Suécia, quando brilha o Sol da meia-noite e o longo Inverno foi esquecido. Uma pastora protestante, Mildred, é encontrada morta com sinais de tortura, na cidade de Kiruna. Mildred era uma feminista, uma lutadora tão amada como odiada. É evidente que nem todos aceitam uma mulher na Igreja. Rebecka Martinsson regressa a Kiruna, o lugar onde cresceu, e vê-se envolvida neste caso misterioso: só ela é capaz de desmascarar os habitantes desta cidade gélida.

Sobre a autora:
Nasceu em Kiruna em 1966; actualmente vive em Mariefred. Estudou Direito em Uppsala e, tal como a sua personagem Rebecka Martinsson, exerceu durante uns tempos como advogada de direito fiscal.
Em 2003 publicou o romance Aurora Boreal, e foi-lhe atribuído o Prémio da Associação de Escritores Suecos de Romance Policial para o Melhor Primeiro Romance, sendo adaptado ao cinema.
Sangue Derramado também foi galardoado com o Prémio para o Melhor Romance Policial Negro Sueco.
Os seus livros têm sido um êxito imediato, obtendo o elogio da crítica e dos leitores nos vários países, sendo já considerada uma das mais importantes representantes do policial escandinavo.

400 páginas
PVP: 19,90€
Tradução: António Carlos Carvalho



O amante é sempre o último a saber - Rui Zink

Sobre a obra:
Passado entre Portugal e o Japão, esta é uma improvável história de amor com a marca inconfundível da ironia de um ficcionista de primeira água da nossa literatura.
O amante é sempre o último a saber conta a história de Teresa, uma poderosa senadora da vida política portuguesa que vai a Tóquio tentar encontrar o filho perdido.
Tano, o professor de artes marciais do jovem e seu mentor, é forçado a acompanhá-la, regressando a contragosto ao país natal, que há muito não visitava.
Duas pessoas e dois universos culturais que parecem muito distantes, mas que têm mais pontos em comum do que poderíamos pensar.
Um romance que fala de um mundo em mudança.
Em que o amor é uma dança incurável.
E uma cura para o mal que nos mata.

Sobre o autor:

Rui Zink nasceu em Lisboa em 1961. É escritor e professor no Departamento de Estudos Portugueses da Universidade Nova de Lisboa. Estreou-se como ficcionista em 1986 e desde então publicou mais de duas dezenas de obras, entre ficção, ensaio, literatura para a infância, BD e teatro. Alguns dos seus livros encontram-se traduzidos para inglês, alemão, hebraico, japonês, romeno, sérvio, croata e francês.
Ficção: Hotel Lusitano • A realidade agora a cores • Homens Aranhas • Apocalipse Nau • O Suplente • Os Surfistas • Dádiva Divina • A Palavra Mágica • A Espera • O Anibaleitor • O Destino Turístico • O amante é sempre o último a saber
Visite o site do autor em www.ruizink.com

PVP: 16,90€
288 páginas


Brilho de bruxa - L. J. Smith

Chega agora o sexto volume da colecção O Mundo da Noite, um universo paralelo habitado por estranhas criaturas…

Sobre a obra:
O Mundo da Noite não é um lugar. Existe à nossa volta. Os seres do Mundo da Noite são belos, implacáveis e irresistíveis para os humanos. O seu melhor amigo pode ser um deles, assim como o seu apaixonado.
As leis do Mundo da Noite são muito claras: os humanos nunca devem saber da existência do Mundo da Noite. E os que pertencem ao Mundo da Noite nunca devem apaixonar-se por um humano. Violar as leis tem consequências aterradoras.
Estas histórias mostram o que acontece quando essas leis são violadas.

Em O Brilho da Bruxa, Keller é uma jovem de dezassete anos, metade humana e metade pantera, e faz parte de um grupo denominado Círculo da Aurora. A sua missão é simples: encontrar o terceiro Poder Indomável e salvar o mundo. A sua busca leva-a até Iliana, uma jovem humana um pouco aérea, que faz com que Keller se interrogue sobre se seguiu a pista certa. Para ajudá-la surge o sensual Galen. Keller apaixona-se, mas ele está predestinado a ser alma gémea de Iliana. Como poderá Keller vencer esta predição?

Sobre a autora:
Lisa Jane Smith, cujas obras são uma combinação de género de terror, ficção científica, fantasia e romance, obteve o reconhecimento do público com a série Crónicas Vampíricas, integralmente publicada pela Planeta em Portugal (Despertar, Conflito, Fúria, Reunião Sangrenta, Damon, o Regresso e Damon, Almas Sombrias).
Editada originalmente nos anos de 1990 nos Estados Unidos e convertida numa referência da literatura juvenil de terror, a série retoma o clássico tema da luta entre Luz e Sombra. Depois de Crónicas Vampíricas, o sucesso da autora continua com a colecção O Mundo da Noite, de que fazem parte O Vampiro Secreto, As Filhas das Trevas, A Escolhida, A Caçadora, Aurora Negra e agora O Brilho da Bruxa.
L.J. Smith já escreveu mais de duas dezenas de livros para crianças e adultos.
Visite o site da autora em www.ljanesmith.net.

256 páginas
PVP: 14,40€
Tradução de: Jorge Colaço



O caminho dos Presidentes da República - Sérgio Luís de Carvalho

No seguimento de O Caminho dos Reis de Portugal, já em 2.ª edição, este
livro conta a história da nossa República e também as pequenas histórias
e curiosidades da vida e personalidade de cada um dos dezoito
presidentes, através de divertidas ilustrações.

Sobre a obra:
Escrito com o rigor, o conhecimento e a leveza que só um professor de História apaixonado pelo que faz, como é Sérgio Luís de Carvalho, poderia imprimir-lhe, este livro é uma pequena homenagem a esses homens e, mais do que isso, à República Portuguesa, que conta já com 100 anos de existência.

Inclui actividades para testar os conhecimentos adquiridos.

Sobre o autor:
Sérgio Luís de Carvalho nasceu em Lisboa em 1959. Licenciou-se em História (1981) e é mestre em História Medieval (1988). Profissionalmente é director científico do Museu do Pão.
Publicou os romances Anno Domini 1348 (1990; Prémio Literário Ferreira de Castro 1989; finalista do Prémio Jean Monnet de Literatura Europeia, Cognac 2004 e finalista do Prémio Amphi de Literatura Europeia Lille 2005), As Horas de Monsaraz (1997), El-Rei-Pastor (2000), Os Rios da Babilónia (2003), Retrato de S. Jerónimo no Seu Estúdio (2006), O Destino do Capitão Blanc (Planeta, 2009), Nas Bocas do Mundo (Planeta, 2010) e O Caminho dos Reis de Portugal (Planeta, 2010).
Alguns dos seus romances estão traduzidos e publicados em França e Espanha. É ainda autor de vários livros de investigação histórica e literatura juvenil.

136 páginas
PVP: 14,40€

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Novidades Arcádia: Tudo o que poderíamos ter sido tu e eu se não fossemos tu e eu - Albert Espinosa

Tudo o que poderíamos ter sido tu e eu se não fossemos tu e eu - Albert Espinosa

Um livro genial, uma estranha história de amor que encantou toda a Espanha. O maior sucesso literário espanhol dos últimos anos, com mais de meio milhão de livros vendidos.

Sinopse:
“Não sei se o meu dom me encontrou a mim ou eu a ele. O meu dom… É difícil de explicar. Como aprendi a utilizá-lo é ainda amais estranho de relatar. Como acabei por trabalhar para Eles, acho que também não é nada simples de explicar. Mas quero contar-vos. Há coisas, pequenos detalhes, que formam parte de nós próprios e nos fazem ser como somos. E o dom era algo que me definia. Ainda que o utilizasse muito pouco. Fazia-me sentir mais vivo. Se estivesse a usar o dom quando vi a rapariga do Espanhol talvez não tivesse sentido o mesmo por ela. O que senti foi primário, foi muito autêntico. Como podia ter tantas saudades dela sem as conhecer? O ser humano é mágico e indescritível.
Sentia algo especial ao voltar a recordá-la. Aquela confiança não deve surgir entre desconhecidos mas que às vezes existe e é mais intensa do que a que sentimos por alguém que faz parte do nosso ambiente há mais de vinte anos. Ela não se tinha apercebido da minha presença, não tinha sentido que os meus olhos nãos e tinham afastado dos dela nem por um instante”.

Sobre o autor:
Albert Espinosa nasceu em Barcelona em 1973. Formado em Engenharia Química Industrial, tem dedicado a sua vida às Artes: é actor, realizador, e escreve para Cinema, Teatro e Televisão. Escreveu os filmes Planta 4ª; Va a ser que nadie es perfecto; Tu vida em 65; No me pidas que te bese porque te besaré.
Entre os seus trabalhos mais mediáticos como actor está a sua participação como Doutor Utrera na conhecida série da Televisão Espnhola (TVE), Abuela de Verano, papel que lhe valeu o prémio revelação do ano.
Espinosa é colaborador habitual em programas de rádio, e escreve semanalmente uma coluna no jornal El Periódico de Catalunya. Depois do enorme êxito da sua autobiografia "O Mundo Amarelo” (2008), Espinosa apresenta aqui o seu primeiro romance.

Título: Tudo o que poderíamos ter sido tu e eu se não fossemos tu e eu
Autor: Albert Espinosa
Editora Babel: Chancela Arcádia ficção
Lançamento: 31 de Outubro
Páginas: 208
Preço com Iva: 14,95 Euros

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Novidades Clube do Autor: Coma comigo - Helena Sacadura Cabral

Coma comigo - Helena Sacadura Cabral

Receitas caseiras criativas a pensar no orçamento familiar com assinatura de Helena Sacadura Cabral

Receitas práticas para o dia-a-dia
As formas mais criativas de aproveitar as sobras
Os pratos ideais para impressionar públicos exigentes
Selecção de receitas adaptadas a regimes dietéticos

 
 
Seja um prazer ou apenas mais uma tarefa a cumprir no dia-a-dia, o certo é que, nos tempos que correm, o acto de cozinhar tem subjacente duas questões fundamentais: a saúde e o orçamento familiar.
É precisamente a pensar nessas questões que Helena Sacadura Cabral apresenta Coma Comigo, uma selecção de receitas familiares fáceis de pôr em prática, saborosas e saudáveis, e a um preço em conta.
Ao longo do livro encontram-se propostas para quem não tem qualquer tipo de restrição alimentar e se pode permitir algumas liberdades e também outras nas quais a gordura e o açúcar foram reduzidos sem que daí resulte menos prazer para quem decida segui-las.
A acompanhar as receitas, juntam-se as dicas da autora, no registo pessoal e directo que a caracteriza, tornando mais fácil e inspirador o momento de cozinhar.

Sobre a autora:
Helena Sacadura Cabral é licenciada em Economia, tendo obtido o prémio para o melhor aluno do Instituto Superior de Ciências Económicas e Financeiras (ISCEF). Desempenhou vários lugares de chefia na Administração Pública, tendo sido a primeira mulher a ser admitida nos quadros técnicos do Banco de Portugal. Além de colunista de diversos jornais e revistas, mantém colaboração regular em televisão.

Informação Técnica:
PVP: 18,50€
192 + 32 Páginas com fotografias a cor

Novidades Civilização Editora: Álbuns de Encantar

Novidades Dom Quixote: Lançamentos em Novembro

Anatomia dos Mártires - João Tordo


Anatomia dos Mártires, o novo romance de João Tordo, conta-nos a história de uma obsessão verdadeira transformada em ficção – a de uma investigação contemporânea (e original) sobre o mito de Catarina Eufémia – e também a tentativa de reconciliação de um escritor nascido imediatamente após a Revolução de Abril com o passado.
Um jornalista insensato e ambicioso quer provar ao seu editor – um comunista irascível, alcoólico e com bastante desprezo pelos jovens – que não é só mais um na redacção. Escolhido para ir a Berlim entrevistar o biógrafo de um mártir religioso, aproveita a deixa para fazer, no seu artigo, uma analogia com a história de Catarina Eufémia, a camponesa que se tornou um ícone do Partido Comunista, mas de quem, na verdade, pouco ou nada sabe.

Nas livrarias a 14 de Novembro.

 
 Vida e Destino - Vassili Grossman


Vassili Grossman, adoptando a estrutura global de Tolstói em Guerra e Paz, pinta em Vida e Destino um imenso fresco da Rússia soviética, com incidência nos anos da Segunda Guerra Mundial, na ofensiva alemã e na defesa e, depois, na contra-ofensiva soviética, que culminou na libertação de Stalinegrado e dos territórios ocupados pelos nazis.
Entregue ao editor em 1961, Vida e Destino passou de imediato para as mãos do KGB e teve o privilégio não só de ser proibido como o de desaparecer da face da Terra durante vinte anos. O seu manuscrito só apareceu na Suíça em 1980, graças a ilustres dissidentes soviéticos.
Na Rússia, apenas em 1988, depois da glasnost, viria a ser publicado. A nada disto assistiu já Vassili Grossman, uma vez que faleceu de cancro de rim três anos depois de ter entregue o seu manuscrito e de o ver apreendido pelas autoridades.

Nas livrarias a 14 de Novembro.


Contos Completos - Gabriel García Márquez 

Este volume reúne os contos escritos por Gabriel García Márquez desde os finais dos anos 1940 até meados dos anos 1990. Um conjunto de 41 histórias que nos permite desfrutar de todo o encanto e mestria do genial escritor colombiano, e que nos leva a um mundo inesquecível cuja realidade se expressa mediante fórmulas mágicas e lendárias.

Nas livrarias a 21 de Novembro.





Ave de Mau Agoiro - Camilla Lackbërg

Um trágico acidente de viação. Uma vítima mortal.
Patrick Hedström é chamado ao local do acidente para tomar conta da ocorrência enquanto os habitantes de Tanumshede se concentram num evento sem precedentes na pequena localidade: é ali que vão decorrer as filmagens de um Reality Show televisivo que já fez sucesso noutras pequenas cidades da Suécia. Uma oportunidade única para promover a região.
Ao mesmo tempo que Patrick Hedström tenta resolver o enigma que resultou do acidente de viação, as câmaras captam cada movimento dos participantes do programa televisivo, jovens problemáticos e irreverentes cuja convivência se torna mais difícil a cada momento, aproximando-se rapidamente do ponto de ruptura. Quando uma festa termina com a morte de um dos concorrentes que se tornou particularmente impopular, os colegas e a equipa de produção passam a ser os suspeitos óbvios. Haverá um assassino entre eles?

Nas livrarias a 14 de Novembro.


Gaspar, Belchior e Baltazar - Michel Tournier

O episódio dos Reis Magos vindos da Arábia para adorar o menino Jesus, mesmo só tendo sido objecto de algumas linhas num único dos quatro Evangelhos, inspirou grandiosamente a pintura ocidental. Mas quem eram estes reis? Porque deixaram eles os seus reinos? Que encontraram eles em Jerusalém – com Herodes, o Grande – e depois em Belém? Não havendo respostas na História ou na lenda, cabia a um grande escritor responder a estas questões. É o que Michel Tournier procura fazer com este texto, ao mesmo tempo ingénuo e violento, que mergulha nas fontes da espiritualidade ocidental.

Nas livrarias a 14 de Novembro.



Explicação dos Pássaros - António Lobo Antunes




Edição Comemorativa dos 30 anos: 1981-2011



Nas livrarias a 14 de Novembro.


quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Novidades Porto Editora: O caderno de Maya - Isabel Allende

O caderno de Maya - Isabel Allende

Sobre o livro:
«Sou Maya Vidal, dezanove anos, sexo feminino, solteira, sem namorado por falta de oportunidade e não por esquisitice, nascida em Berkeley, Califórnia, com passaporte americano, temporariamente refugiada numa ilha no sul do mundo. Chamaram-me Maya porque a minha Nini adora a Índia e não ocorreu outro nome aos meus pais, embora tenham tido nove meses para pensar no assunto. Em hindi, Maya significa “feitiço, ilusão, sonho”, o que não tem nada a ver com o meu carácter. Átila teria sido mais apropriado, pois onde ponho o pé a erva não volta a crescer.»



Sobre a autora:
Isabel Allende nasceu em 1942 no Peru. Viveu no Chile entre 1945 e 1975, com largos períodos de residência noutros locais, na Venezuela até 1988 e, desde então, na Califórnia. Em 1982, o seu primeiro romance, A Casa dos Espíritos, converteu-se num dos títulos míticos da literatura latino-americana. Seguiram-se muitos outros, todos êxitos internacionais. A sua obra está traduzida em trinta e cinco línguas.
Em 2010 foi galardoada com o Prémio Nacional de Literatura do Chile.

Títulos: O Caderno de Maya
Autor: Isabel Allende
Tradução: Alcinda Marinho
Págs.: 360
Capa: mole com badanas
PVP: 18,90 €

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Novidades Livros d'Hoje: Não desisto - Sónia Brazão

Não desisto - Sónia Brazão

Sinopse:
Um testemunho de vida, força e coragem que pode inspirar outras pessoas.
O mundo pode transformar-se em segundos. Inesperadamente. E a vida que tínhamos torna-se outra. Eu sou a mesma pessoa que sempre fui e, ao mesmo tempo, outra: sou uma sobrevivente. E feliz por o ser. O objectivo do meu relato, não é outro se não o de poder dar a conhecer um pouco do que sou e sinto, antes e depois dos eventos mais recentes, a explosão da minha casa, as queimaduras que me levaram à unidade de queimados do Hospital de São José em Lisboa, um local único, onde só encontrei pessoas de um extremo profissionalismo e cheias de amor e sentido positivo.
Como disse, as palavras são poderosas e escreve-se muito sobre as figuras públicas, especula-se, imagina-se. Ser uma figura pública tem várias vertentes, é como se fôssemos um cristal trabalhado, várias faces, formas de reflectir a luz ou a escuridão. A melhor de todas é, sem qualquer dúvida, o reconhecimento e carinho do público, o público que nos aborda na rua, ou através de outros meios, e faz questão de deixar uma palavra, um conforto, um elogio. A pior? Como é fácil de imaginar, a pior vertente de se ser alguém cujo rosto pode entrar pela casa adentro diariamente é a exposição, os rumores, os boatos, uma desfiguração de quem somos. Muita coisa foi dita e escrita sobre os últimos meses da minha vida.
Eu sou a mesma pessoa por dentro e tenho os olhos postos no futuro. Se o meu relato for passível de ajudar alguém, de motivar quem está numa situação de saúde grave ou apenas esclarecer aqueles que, por uma razão ou outra, sentem curiosidade sobre a minha vida, pois aqui fica. Da forma mais honesta e sincera que fui capaz, sem tabus ou preconceitos, respeitando obviamente uma barreira de intimidade que, acredito, nunca deve ser ultrapassada.
Assim, convido o leitor ou leitora a espreitar aquilo que sou, o que fiz, o que pensei e senti.

«A minha situação pode ajudar alguém? Espero que sim. Mas há algo que posso garantir seja a quem for, é que numa situação desta gravidade vamos buscar forças que desconhecemos e temos um instinto de sobrevivência brutal que nos leva a coisas que não sabíamos que podíamos fazer. Eu sei que foi o meu instinto que me levou a sair daquela cama de hospital. Não tenho qualquer dúvida sobre isso. Há casos muito piores. O meu, por ser uma figura conhecida, teve este impacto no público. Já que há este nível de exposição, então que sirva de testemunho para alguém em qualquer parte do país.  Se eu consegui sobreviver, outra pessoa também consegue, é o testemunho motivador que posso dar.»

Sobre a autora:
Sónia Brazão é, há muitos anos, uma cara bem conhecida especialmente por causa da sua carreira de actriz, integrou diversos elencos de algumas das telenovelas de maior sucesso. Recentemente, tornou-se notícia pelos piores motivos ao sofrer um grave acidente depois da sua casa ter explodido misteriosamente. Ficou com cerca de 90% do corpo queimado, foi internada de urgência e esteve sujeita a um prognóstico muito reservado. Depois de uma recuperação que os médicos apelidaram de «milagrosa», Sónia regressou a casa e tenta recuperar a sua vida perdida. Sónia sente que está a viver uma segunda vida, como se tivesse renascido da primeira. «Não desisto» é o seu lema desde pequena, desde que era bailarina e insistia vezes sem fim na repetição de cada movimento, uma perseverança que se revelou fundamental na sua recuperação. Foi isso que a levou a escrever este livro.

Editora: Livros d’Hoje 
N.º Páginas: 240
Preço: 14,40 €
ISBN: 978-972-20-4835-4
1ª Edição: Outubro de 2011

Novidades Casa das Letras: Lançamentos em Novembro

1Q84 - Haruki Murakami

Num mundo aparentemente normal e de contornos reconhecíveis, movem-se duas personagens centrais: Aomame, uma mulher independente, professora de artes marciais, e Tengo, professor de matemática. Os dois estão quase a entrar na casa dos trinta anos, têm vidas solitárias e ambos se dão conta de ligeiros desajustamentos à sua volta, que os conduzirão fatalmente a um destino comum. Falta dizer que tanto um como outro são mais do que parecem: a bela Aomame, nas horas vagas, é uma assassina que mata as suas vítimas sem deixar vestígios, levando toda a gente a pensar que morreram de morte natural; o apagado Tengo, um escritor em construção a quem o editor, Komatsu de seu nome, encarregou de trabalhar na revisão de A Crisálida de Ar, obra prometedora, nascida da imaginação (ou talvez não...) de uma adolescente enigmática, chamada Fuka-Eri.

Nas livrarias a 7 de Novembro


1494 - Stephen R. Bown

No centro do maior acordo diplomático e político dos últimos cinco séculos estiveram as relações e as paixões de um punhado de indivíduos poderosos, unidos pela animosidade mútua e pelas obrigações pessoais, por questiúnculas, rivalidades e ódios com décadas. No entanto, em última análise, tudo isso acabou por se dever à determinação obstinada de uma jovem em escolher o seu próprio marido.
Esta é uma história de amor, de intrigas, de ciúmes e subterfúgios, um imbróglio cruel político e religioso. Poderia muito bem ter sido o enredo de uma das peças de Shakespeare. Mas é História bem real e mostra como, no século XV, o mundo começou a tomar a forma como o vemos hoje.

Nas livrarias a 21 de Novembro


Alice no País das Maravilhas - Lewis Carroll

Quem não se lembra do Coelho Branco, do Gato de Cheshire, da Lebre de Março, do Chapeleiro Maluco, da Rainha de Copas… e da incontornável Alice…?
As personagens que Lewis Carroll imortalizou num clássico único para todas as idades.
Viaje pelo mundo da imaginação e do nonsense onde tudo é possível!

Nas livrarias a 7 de Novembro






O Grande Livro dos Provérbios - José Pedro Machado
 
A primeira edição desta colectânea surgiu em 1996 com cerca de 26 000 entradas; o Apêndice à 2ª edição acrescentou-lhe 800. Para a 3ª edição, José Pedro Machado conseguiu reunir mais meio milhar.
Quer isto dizer que o leitor encontra aqui mais de 27 000 provérbios. Uma laboriosa recolha, a mais extensa da língua portuguesa, da cultura e da literatura oral popular. Organizados alfabeticamente para uma mais fácil consulta e sem esquecer os provérbios ditos em território brasileiro, este livro constitui um valioso contributo para a preservação da língua portuguesa.
 
Nas livrarias a 28 de Novembro


Dona Antónia - Gaspar Martins Pereira & Maria Luisa de Almeida de Olazabal

Esta breve biografia de Dona Antónia procura perceber a mulher e a empresária no seu tempo, as circunstâncias e a rede de relações que marcaram a sua vida longa (1811-1896), a família em que nasceu e que alargou, a empresa a que ligou o seu nome e que dirigiu, os espaços sociais em que se movimentou, em encontros e desencontros, em alianças ou conflitos, episódicos ou duradouros.

Nas livrarias a 7 de Novembro

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Passatempo O assassinato de Roger Ackroyd - Resultados


A vencedora do Passatempo O assassinato de Roger Ackroyd foi:

Teresa Maria Valente de Carvalho - Estarreja

Para além de publicados aqui, os resultados serão comunicados aos vencedores por email.

Caso algum dos vencedores não responda ao email de notificação no prazo de uma semana será seleccionado um outro vencedor.

Por último, um agradecimento especial à ASA  pelo apoio na realização deste passatempo.
Obrigado ainda a todos os participantes.

domingo, 23 de outubro de 2011

Passatempo Uma espécie de um sono

Em pareceria com a Babel temos esta semana para vos oferecer 3 exemplares da obra "Uma espécie de sono" de Henry Roth. Este  livro foi originalmente publicado em 1934 e caiu no esquecimento sendo apenas redescoberto pela crítica que o considerou uma das obras-primas do século XX no final dos anos 60. Assim que foi republicado nessa época vendeu no primeiro ano 1 milhão de cópias e desde essa altura é uma obra que consta regularmente das listagens de best-seller do New York Times e da New Yorker.

Poderão concorrer até ao final do dia 30 de Outubro de 2011.

Para poder ser vencedor deste passatempo terá de ser seguidor activo do blogue Conspiração das Letras. Caso ainda não seja, poderá fazê-lo na caixa de "Seguidores da Conspiração" existente na Página Inicial.

As participações estão limitadas a uma por pessoa e, dadas questões relacionadas com o envio do prémio, só aceitamos participações de residentes em Portugal.
Sinopse:
David Schearl é uma criança perigosa. Vivendo com os seus pais no gueto judaico de Nova Iorque, no Lower East side da grande metrópole do começo do século XX, uma zona de miséria e confusão de línguas e culturas onde a miséria e fome a que os emigrantes fugiam no velho continente, aparece por vezes com mais força ainda. Neste local onde a esperança morre com tudo o mais, nesta babel onde o desentendimento e a incapacidade de comunicar são o pão de cada dia à falta daquele que é feito com farinha, neste buraco onde as culturas se diluem num esforço de integração em algo incompreensível, David tem imaginação e muita. Considerado pela crítica como o grande romance da experiência emigrante, Uma Espécie de Sono é um dos mais importantes romances do modernismo que nascia com o novo século, uma obra brilhante que evoca o ambiente de filmes como «Era uma vez na América».

sábado, 15 de outubro de 2011

Passatempo O assassinato de Roger Ackroyd

Após uma semana sem passatempos, temos para vos propor um passatempo com uma obra da "Rainha do Crime".
Em parceria com a ASA temos para vos oferecer um exemplar de  O assassinato de Roger Ackroyd de Agatha Christie.

Poderão concorrer até ao final do dia 23 de Outubro de 2011.

Para poder ser vencedor deste passatempo terá de ser seguidor activo do blogue Conspiração das Letras. Caso ainda não seja, poderá fazê-lo na caixa de "Seguidores da Conspiração" existente na Página Inicial.

As participações estão limitadas a uma por pessoa e, dadas questões relacionadas com o envio do prémio, só aceitamos participações de residentes em Portugal.
Sinopse:
Roger Ackroyd sabia de mais. Sabia que a mulher que amava envenenara o primeiro marido, um homem extremamente violento, e suspeitava que ela era vítima de chantagem. Quando ela é encontrada morta, ele não se conforma com o relatório médico que aponta para suicídio por overdose. Ackroyd desconfia de algo bem mais sinistro e quer encontrar respostas para as inúmeras perguntas que pairam ameaçadoramente no ar. Mas alguém está disposto a impedi-lo. Nem que, para tal, tenha de o matar.
Em Fevereiro de 1972, Agatha Christie escreveu uma carta ao seu editor. Nessa missiva, incluída nesta edição especial, a Rainha do Crime elegeu os dez livros de sua autoria de que mais gostava. O Assassinato de Roger Ackroyd, considerado um «favorito de sempre» pela autora, foi originalmente publicado em 1926 na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos. Foi adaptado para o teatro em 1928, tendo também sido transposto para o cinema em 1931 e para a televisão em 1999.

Boa sorte!





quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Passatempo O Último Legado - Resultados



Os vencedores do Passatempo O último legado são:

1 - Ana Manuela Coelho Ferreira - Gafanha da Nazaré
2 - Carlos Manuel Branco Lourenço Garcia - Amadora
3 - Ana Raquel Gomes Leite - Coimbra

Para além de publicados aqui, os resultados serão comunicados aos vencedores por email.

Caso algum dos vencedores não responda ao email de notificação no prazo de uma semana será seleccionado um outro vencedor.

Por último, um agradecimento especial à Chiado Editora pelo apoio na realização deste passatempo.
Obrigado ainda a todos os participantes.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Novidades Bertrand Editora: "21 Discursos Que Mudaram o Mundo - Chris Abbott"

21 Discursos Que Mudaram o Mundo - Chris Abbott


As pessoas e as ideias que marcaram a História e o mundo.

Os discursos marcantes de Emmeline Pankhurst, Martin Luther King, Ronald Reagan, George Bush, Osama Bin Laden, Winston Churchill, Salvador Allende, Margaret Thatcher, Gandhi ou Barack Obama são apenas alguns dos vinte e um discursos analisados e contextualizados neste livro.

Sobre o livro:
Chris Abbott olha de perto para vinte e um discursos fundamentais que definiram o mundo de hoje. O autor examina o poder dos argumentos neles contidos, como inspiração para grandes feitos ou grandes males.
Baseando-se na sua experiência enquanto comentador político de topo, Abbott explica como a nossa compreensão atual do mundo tem raízes em momentos essenciais da História. Estes momentos estão contidos nas palavras de uma série de figuras influentes – e ocasionalmente controversas – desde Winston Churchill a Osama Bin Laden, passando pelo discurso da tomada de posse de Barack Obama. Os discursos estão organizados por tema e cada um deles é acompanhado por uma análise detalhada, explicando o seu contexto original e a sua relação com a sociedade moderna.
Ao examinar diferentes maneiras de ver o mundo e ao analisar o modo como estas se desenvolveram, Abbott mostra-nos como começar a compreender melhor os outros e a evitar os erros do passado. Inovador e relevante, este livro fará com que o leitor pare para pensar sobre o que está realmente a acontecer no mundo de hoje.
Os discursos contidos neste livro foram proferidos nos séculos XX e XXI e, ao contrário de muitos livros do género, muitos são de mulheres, todas com um papel extremamente relevante na História mundial.

Sobre o autor:
Chris Abbott é escritor e investigador, tendo-se especializado em segurança internacional e relações externas. É investigador convidado na Universidade de Bradford e consultor de segurança sustentável do Oxford Research Group (um dos principais think tanks da Europa, de que foi diretor até 2009). O seu primeiro livro, As Ameaças do Mundo Actual, escrito com Paul Rogers e John Sloboda, foi muito bem recebido em todo o mundo e está agora disponível em cinco línguas.

Género: Ensaio/ História
Tradutora: Francisca Cortesão
Formato: 15 x 23,5 cm
N.º de páginas: 368
Data de lançamento: 14 de outubro
PVP: 16,50 €

Novidades Clube do Autor: "Guia de vinhos 2012 - Rui Falcão"

Guia de vinhos 2012 - Rui Falcão

As melhores relações qualidade/ preço

Os melhores vinhos até 5 e 10 euros


Sobre o livro:
Como escolher um bom vinho em tempos de crise? Quais os melhores vinhos nacionais e internacionais? Como e onde comprar vinho on-line?
No Guia de Vinhos 2012 de Rui Falcão estão as respostas a estas e outras questões para que o leitor, consumidor ou profissional, possa descobrir os melhores vinhos.
Numa escala que determina se um vinho é desagradável ou defeituoso (0 -9,5), até à perfeição absoluta (20), Rui Falcão classifica neste guia mais de 4300 vinhos.
O Guia de Vinhos Rui Falcão constitui hoje uma referência indispensável, apoiado na opinião de um dos mais prestigiados críticos nacionais, consagrando-se como uma ferramenta obrigatória na escolha de vinhos portugueses e estrangeiros.
Um guia essencial e apelativo, fundamental tanto para consumidores como para profissionais. O guia que ainda lhe oferece:
  • As melhores relações qualidade/preço do mercado
  • Os melhores vinhos até 5 e 10 euros
  • A eleição do vinho português do ano
  • Selecção dos dez melhores vinhos portugueses e estrangeiros
  • Uma análise sobre as últimas colheitas
  • Onde comprar vinho pela Internet
  • Prova alargada sobre Vinho do Porto de 10, 20, 30 e mais de 40 Anos
  • A maior fonte de informação sobre Vinho da Madeira
  • Quarenta e quatro provas verticais
Sobre o autor:
Rui Falcão nasceu em 1965. Engenheiro Informático de formação, hoje é jornalista especializado na área dos vinhos. Colabora na revista Wine – Essência do Vinho, onde é redactor. Colabora com o jornal Público, onde assegura uma coluna semanal de opinião e crítica de vinhos no suplemento Fugas.
Associado da Fédération Internationale des Journalistes du Vin (FIJEV), é autor, com o chef Albano Lourenço, do livro A Bimby na Cozinha Regional Portuguesa. Tem sido convidado para júri de diversas competições nacionais e internacionais, em países como Espanha, Alemanha, Inglaterra, África do Sul, Itália, França, Holanda, Grécia e Bulgária. Participou no prestigiado concurso de vinhos da revista inglesa Decanter, convidado como jornalista especializado em vinhos austríacos e espanhóis. Tem orientado inúmeros cursos de vinho, sessões públicas de prova e, a convite da Viniportugal e de comissões vitícolas regionais, apresentações de vinhos tanto em Portugal como em Espanha, Brasil, Angola, Canadá e Estados Unidos da América.
Publicou, como co-autor, quatro guias de vinhos Os5às8. Como autor publicou cinco Guia de Vinhos Rui Falcão.

PVP: 19,95 €
552 Páginas

Novidades Sextante Editora: "Continuar a tentar pensar - São José Almeida"

Continuar a tentar pensar - São José Almeida


Sinopse:
Pensar a sociedade, no que deverá ser a sua organização e o seu desenvolvimento, é urgente. Num momento de viragem, em que se anunciam reestruturações radicais da organização do país, importa olhar para trás e ver o caminho que percorremos para chegar onde estamos. Reúnem-se aqui crónicas de opinião que São José Almeida editou semanalmente no Público ao longo da última década (2001-2010). Crónicas que mostram algumas das estradas que fomos seguindo e como a autora, à época, se interrogava sobre elas. Organizado por assuntos, o livro tem prefácios temáticos de Maria José Casa-Nova, Ana Benavente, João Rodrigues e André Freire.

Sobre a autora:
São José Almeida nasceu em 1960, em Lisboa. É jornalista do Público desde a sua fundação, em 1990. Especialista em política nacional, ao longo de vinte anos de jornalismo acompanhou as instituições políticas e partidárias (foi repórter parlamentar entre 1995 e 2005) e também questões relacionadas com a defesa de direitos humanos, nomeadamente direitos das mulheres e dos homossexuais. É autora do livro Homossexuais no Estado Novo (Sextante, 2010). Recebeu duas menções honrosas no Prémio Paridade – Mulheres e Homens na Comunicação Social, atribuído pela CIG em 2009 e 2010; o Prémio ILGA em 2006 e em 2009; o Prémio de Jornalismo «Pela diversidade. Contra a discriminação» da Comissão Europeia, em 2009; uma menção honrosa no Prémio de Jornalismo Direitos Humanos & Integração 2010 e o Prémio Média 2010 da rede ex aequo – associação de jovens lésbicas, gays, bissexuais, transgéneros e simpatizantes.

Título: Continuar a tentar pensar
Autor: São José Almeida
Págs: 320
PVP: € 16,90

Novidades Asa: Lançamentos em Outubro

As meninas dos chocolates - Annie Murray


Sinopse:
Edie, Ruby e Janet são amigas e dedicam-se a fazer chocolates na famosa fábrica Cadbury, em Inglaterra. As suas vidas poderiam ser de sonho, não fossem as atribulações familiares e a eclosão da Segunda Guerra Mundial.
Edie casa muito jovem. A sua fé no futuro é ilimitada mas o destino tem outros planos para ela. Com apenas dezanove anos, Edie enfrenta a guerra sozinha e tomada pela dor após a perda do marido e do filho. Até que uma noite, durante um bombardeamento, uma criança abandonada é deixada ao seu cuidado…
Entretanto, a sua jovial amiga Ruby, apesar do medo de ficar solteirona, acaba por se casar com Frank, desconhecendo o seu carácter temperamental. E há também Janet – inteligente, bondosa e atraída pelos homens errados. Profundamente magoada pela sua última relação amorosa, Janet está convencida de que nunca mais se apaixonará. Mas David, a criança que Edie acolhe, conquista o coração de todos. E quando tem idade suficiente para questionar a sua verdadeira identidade, David vai novamente transformar as suas vidas e proporcionar-lhes algo com que nunca sonharam …
Três mulheres cujas vidas são marcadas pela amizade, a guerra e o amor por uma criança.

Sobre a autora:
Annie Murray nasceu no Berkshire, em Inglaterra, e estudou Inglês no St. John’s College, em Oxford. Em 1991, ganhou o She/Granada TV Short Story Competition e, em 1995, o seu primeiro romance, Birmingham Rose, entrou directamente para as listas de bestsellers. Tem quatro filhos e vive actualmente em Reading.
Para mais informações sobre a autora pode consultar o site http://www.anniemurray.co.uk/

Editora: ASA
N.º Páginas: 496
Preço: 17,50€
ISBN: 978-989-23-1613-0
1ª Edição: Outubro de 2011


Maligna - Joanne Harris



Sinopse:
Algo dentro de mim recorda e não esquecerá…
Alice e Joe têm em comum a paixão pela arte - ela é pintora e ele é músico – e, em tempos, estiveram também unidos pelo amor que sentiam um pelo outro. As suas vidas seguiram diferentes rumos, mas o reencontro é inevitável. Joe tem agora uma nova namorada, Ginny, que provoca em Alice uma intensa perturbação. A beleza etérea e singular de Ginny repele-a, e o seu sinistro grupo de amigos atemoriza-a.
Os hábitos estranhos da jovem deixam Alice suficientemente inquieta para levar a cabo uma investigação por conta própria. E o que descobre vai mudar tudo. Ginny tem em seu poder um velho diário que conta a trágica história de amor de Daniel Holmes e Rosemary Virginia Ashley, cujo poder de sedução não conhece limites. Só que Rosemary morreu há meio século… mas o seu magnetismo não está certamente extinto.
À medida que as histórias se entrelaçam, passado e presente fundem-se; Alice apercebe-se de que o seu ódio instintivo em relação à nova namorada de Joe pode não se dever apenas ao ciúme, já que algo em Ginny a arrasta irremediavelmente para um universo de insondável obsessão, vingança, sedução e sangue…

Sobre a autora:
Joanne Harris nasceu no Yorkshire, em 1964, de mãe francesa e pai inglês. Com Chocolate, Vinho Mágico, Cinco Quartos de Laranja, A Praia Roubada, Na Corda Bamba, Danças & Contradanças, Valete de Copas e Dama de Espadas, Xeque ao Rei, Sapatos de Rebuçado e O Rapaz de Olhos Azuis (todos publicados pela ASA), conheceu um retumbante sucesso internacional, que a adaptação ao cinema de Chocolate (com Juliette Binoche e Johnny Depp) veio intensificar. Com Fran Warde, é co-autora dos livros A Cozinha Francesa e Do Mercado para a sua Mesa – Novas Receitas da Cozinha Francesa. Maligna foi o seu primeiro romance, agora publicado numa edição revista pela própria autora.

Editora: ASA
Preço: 16,90€
ISBN: 978-989-23-1638-3
1ª Edição: Outubro de 2011

Novidades Porto Editora: "O Quarto de Jack - Emma Donoghue"

O Quarto de Jack - Emma Donoghue

Finalista do Man Booker Prize e do Orange Prize.


Sinopse:
Para Jack, de cinco anos, o quarto é o mundo todo. É onde ele e a Mamã comem, dormem, brincam e aprendem. Embora Jack não saiba, o sítio onde ele se sente completamente seguro e protegido, aquele quarto é também a prisão onde a mãe tem sido mantida contra a sua vontade. Contada na divertida e comovente voz de Jack, esta é uma história de um amor imenso que sobrevive a circunstâncias aterradoras, e da ligação umbilical que une mãe e filho.



Sobre a autora:
Emma Donoghue é escritora de romances históricos e contemporâneos. Nasceu em Dublin, onde viveu durante vinte anos, até ir viver para Inglaterra – para estudar em Cambridge – e depois para o Canadá. Mudou-se há poucos dias para França.
O Quarto de Jack é o seu título mais conhecido, mas Emma já escreve desde os vinte e três anos e a sua carreira como escritora conta com alguns bestsellers, como Slammerkin, The sealed letter, Landing, Life-Mask, Hood e Stir-Fry.
A título de curiosidade, refira-se que o pai de Emma Donoghue, que também era crítico literário, foi professor de Henry James na faculdade.

Títulos: O Quarto de Jack
Autor: Emma Donoghue
Tradução: Cristina Correia
Págs: 336
Capa: mole com badanas
PVP: 16,60 €

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Convite - 1ª Conferência EDUCAÇÃO & VALORES

 


Novidades Livros d'Hoje: Lançamentos em Outubro

Les Halles Cookbook - Anthony Bourdain


Sinopse:
Antes de espantar o mundo com os campeões de vendas Cozinha Confidencial e A Cook’s Tour, Anthony Bourdain passou anos a servir a melhor comida de cervejaria francesa em Nova Iorque. Com uma atmosfera descontraída e terra à terra, o Les Halles enquadra-se perfeitamente no estilo de Bourdain: é um restaurante onde nos podemos vestir à nossa vontade, falar alto, beber um copo de vinho a mais e passar um bom bocado com os amigos. Agora, Bourdain traz-nos Les Halles, um livro de culinária ímpar: cândido, engraçado, audaz, dotado do encanto e da fanfarronice típicos de Bourdain. Traga uma faca afiada, um grande apetite e vontade de aprender, pois Bourdain vai ensinar-lhe tudo o que precisa de saber para preparar os pratos clássicos dos bistrôs. Enquanto o leitor é orientado, em passos simples, por receitas como vitela assada com batata frita à Les Halles, escargots aux noix e foie gras aux pruneaux, vai sentir-se como se o autor estivesse ao seu lado na cozinha – a atirar-lhe insultos quando deixar queimar o molho, e depois a dar-lhe uma palmada nas costas quando acertar com o bife tártaro. Repleto de fotografias atraentes e com 110 receitas, este livro é receita garantida para os apreciadores de livros de culinária, aspirantes a chefes e admiradores de Bourdain.
Os restaurantes Les Halles situam-se em Nova Iorque, Washington, D.C. e Miami.

Sobre os autores:
Anthony Bourdain é autor de sete livros, entre eles os êxitos de venda Cozinha Confidencial, editado em Portugal pela Livros d’Hoje. Veterano com trinta anos passados em cozinhas profissionais, é apresentador da série de televisão Não Aceitamos Reservas!, em exibição na SIC Radical, e chefe de cozinha do Les Halles, em Manhattan. Vive em Nova Iorque.
José de Meirelles, nascido no Porto, Portugal, formou-se na Escola de Gestão de Lisboa e foi para os Estados Unidos em 1983. Formou-se no Instituto Francês de Culinária em 1987 e em 1991 fundou o Les Halles como chefe sócio. Vive em Nova Iorque com a mulher e dois filhos.
Philippe Lajaunie nasceu em Bordéus, França. Três anos depois de se mudar para os Estados Unidos, em 1982, abriu o seu primeiro estabelecimento e depois criou dezassete restaurantes no mesmo número de anos.

Editora: Livros d’Hoje
N.º Páginas: 304
Preço: 25,00 €
ISBN: 978-972-20-4836-1
1ª Edição: Outubro de 2011


GUINNESS WORLD OF RECORDS 2012


Sinopse:
O QUE HÁ DE NOVO NA EDIÇÃO DESTE ANO?
INCRÍVEL! MAIS DE 1 000 000 DE DETENTORES DE RECORDES MUNDIAIS!
ASSOMBROSO!
INACREDITÁVEL!
E TÓPICOS DIFERENTES!
FENOMENAL!
MAIS DE 100 TEMAS, TOTALMENTE NOVOS!
ENA! MAIS DE 900 FANTÁSTICAS FOTOS, MUNDIAIS,  ATUALIZADOS E CLÁSSICOS! IMPRESSIONANTE! 4 000 NOVOS RECORDES 65 000 PEDIDOS SÓ NESTE ANO!
TUDO NESTE FANTÁSTICO LIVRO!

O mais prestigiado livro de recordes do mundo.

Editora: Livros d’Hoje
N.º Páginas: 288
Preço: 29,95 €
ISBN: 978-972-20-4681-7
1ª Edição: Outubro de 2011


O casamento do ano - Laura Lee Ghurke



Sinopse:
Beatrix Danbury sempre teve a certeza de que iria casar com William Mallory. Amava-o desde sempre e nunca duvidou que ele a amasse também. Mas quando Beatrix o obriga a ter de escolher entre uma vida a dois ou o seu sonho de sempre, ele decide-se pela última hipótese... a duas semanas do casamento.
William estava certo de que Beatrix o receberia de braços abertos. Os seis anos que haviam passado desde que a deixara, não tinham feito desaparecer o seu amor por ela. O problema é que Beatrix estava prestes a casar-se com outro homem. Alguém previsível e em quem sentia que podia confiar... alguém que era o oposto do seu antigo noivo.
Conseguirá William impedir o casamento do ano e ter Beatrix de volta, ou será tarde demais?

Sobre a autora:
Laura Lee Guhrke formou-se em Administração de Empresas na Boise State University. Depois de trabalhar sete anos em publicidade, algum tempo como fornecedora de comida e alguns anos a dirigir os escritórios das empresas de construção e desenvolvimento de seus pais, percebe que escrever é bem mais divertido. Vencedora do prestigiante prémio RITA, atribuído pela associação Romance Writers of America a romances históricos, é uma das autoras mais respeitadas deste género. Neste momento está a preparar o seu décimo oitavo romance histórico. Em Portugal, a Livros d’Hoje, já editou, em 2009, Prazeres Proibidos e, em 2010, A Cama da Paixão.

Editora: Livros d’Hoje
N.º Páginas: 368
Preço: 13,89 €
ISBN: 978-972-20-4783-8
1ª Edição: Outubro de 2011


Aposta Indecente - Matilda Wright



Sinopse:
Paris, 1854. Um dos homens mais ricos de França, o marquês de Villeclaire tem uma vida luxuosa e despreocupada, onde não falta nada que o dinheiro e a sua posição social possam pagar. Mulheres, jogo, festas, caçadas, palácios…
Mas uma aposta faz com que os destinos de Villeclaire e Catherine Duvernois, uma jovem e misteriosa viúva, se cruzem, numa altura em que uma nuvem negra tolda os dias do belo marquês, prestes a casar, contra sua vontade, com Blanche de Belfort.
A vida de Louis de Villeclaire desmorona-se…
Quem é Catherine Duvernois? E Blanche de Belfort? Alguém está a mentir. Mas quem? Porquê? A resposta mudará para sempre o futuro destas três personagens.
Um romance arrebatador, que se desenrola entre os sofisticados salões da aristocracia parisiense e as deslumbrantes paisagens do vale do Loire, levando os leitores numa viagem inesquecível por cenários de sonho, durante o reinado do Imperador Napoleão III.

Sobre a autora:
Matilda Wright nasceu em Londres, em 1968. Estudou Literatura Inglesa em Cambridge e vive com o marido na região de Cúmbria, no Norte de Inglaterra, onde criam cavalos. Têm quatro filhos que, de vez em quando, também vivem lá em casa. Aposta Indecente, agora editado pela Livros d’Hoje, é o primeiro dos seus romances a ser publicado, dos muitos que tem escrito desde os seus tempos de Universidade, sem nunca os ter mostrado a nenhum editor.

Editora: Livros d’Hoje
N.º Páginas: 240
Preço: 13,89 €
ISBN: 978-972-20-4776-0
1ª Edição: Outubro de 2011

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Novidades Sextante Editora: "Fall River e outros contos dispersos - John Cheever"

Fall River e outros contos dispersos - John Cheever
 
Fall River e outros contos dispersos é o último volume da coletânea de contos de John Cheever

Sinopse:
Nesta coletânea surpreendente, Cheever faz-nos mergulhar num mundo intenso, com cenas que lembram os quadros de Edward Hopper. Um mundo de penhoras forçadas, de pessoas arruinadas, de espetáculos de cabaré, de jogadores desesperados, de esperanças adiadas. É, de certo modo, a descoberta de uma nova dimensão da obra de John Cheever.
Reunindo pela primeira vez os contos da juventude de Cheever, o livro que agora se publica completa o projeto da Sextante de editar a obra de contista de John Cheever, da qual foram já publicados os volumes Contos Completos I e II.

Sobre o autor:
John Cheever nasceu em 1912 no Massachusetts e morreu em 1982 em Nova Iorque. Considerado um dos maiores escritores americanos do século XX, viu a sua obra reconhecida com a atribuição da Medalha Howells da Academia Nacional Americana de Artes e Letras em 1965. É conhecido sobretudo pelos seus contos, quase todos inicialmente publicados na revista The New Yorker. Em 1978, a coletânea dos seus melhores contos, The Stories of John Cheever, recebeu o Prémio Pulitzer de ficção, o Prémio Nacional do Círculo de Críticos e o Prémio Americano do Livro desse ano.
Considerado por John Updike como o melhor estilista da sua geração, elogiado por Saul Bellow e Vladimir Nabokov, John Cheever inscreve-se na linha de escritores como Sherwood Anderson, J. D. Salinger e Raymond Carver.

Título: Fall River e outros contos dispersos
Autor: John Cheever
Tradução: José Lima
Págs: 160
PVP: € 15,00

Novidades Asa: Duas obras de Agatha Christie em Outubro

O assassinato de Roger Ackroyd - Agatha Christie


Sinopse:
Roger Ackroyd sabia de mais. Sabia que a mulher que amava envenenara o primeiro marido, um homem extremamente violento, e suspeitava que ela era vítima de chantagem. Quando ela é encontrada morta, ele não se conforma com o relatório médico que aponta para suicídio por overdose. Ackroyd desconfia de algo bem mais sinistro e quer encontrar respostas para as inúmeras perguntas que pairam ameaçadoramente no ar. Mas alguém está disposto a impedi-lo. Nem que, para tal, tenha de o matar.
Em Fevereiro de 1972, Agatha Christie escreveu uma carta ao seu editor. Nessa missiva, incluída nesta edição especial, a Rainha do Crime elegeu os dez livros de sua autoria de que mais gostava. O Assassinato de Roger Ackroyd, considerado um «favorito de sempre» pela autora, foi originalmente publicado em 1926 na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos. Foi adaptado para o teatro em 1928, tendo também sido transposto para o cinema em 1931 e para a televisão em 1999.

Editora: ASA
N.º Páginas: 240
Preço: 12,90€
ISBN: 978-989-23-1616-1
1ª Edição: Outubro de 2011



As dez figuras negras - Agatha Christie



Sinopse:
Dez desconhecidos que aparentemente nada têm em comum são atraídos pelo enigmático U. N. Owen a uma mansão situada numa ilha da costa de Devon. Durante o jantar, a voz do anfitrião invisível acusa cada um dos convidados de esconder um segredo. Nessa mesma noite um deles é assassinado. A tensão aumenta à medida que os sobreviventes se apercebem de que não só o assassino se encontra entre eles como se prepara para atacar uma e outra vez…
Em Fevereiro de 1972, Agatha Christie escreveu uma carta ao seu editor. Nessa missiva, incluída nesta edição especial, a Rainha do Crime elegeu os dez livros de sua autoria de que mais gostava. As Dez Figuras Negras foi considerado pela autora como um “desafio que lhe trouxe muita satisfação”. Publicado na Grã-Bretanha, em 1939, e nos Estados Unidos, em 1940, seria também adaptado para teatro e cinema.

Editora: ASA
N.º Páginas: 192
Preço: 12,90€
ISBN: 978-989-23-1615-4
1ª Edição: Outubro de 2011


Sobre a autora:
Agatha Christie nasceu Agatha May Clarissa Miller, em Torquay, na Grã-Bretanha, em 1890.
Em 2000, a 31st Bouchercon World Mystery Convention galardoou Agatha Christie com dois prémios: ela foi considerada a Melhor Escritora de Livros Policiais do século XX e os livros protagonizados por Hercule Poirot a Melhor Série Policial do mesmo século.


Novidades Bertrand Editora: "O Caso Rembrandt - Daniel Silva"

O Caso Rembrandt - Daniel Silva

O regresso do agente Gabriel Allon num thriller explosivo.


Sobre o livro:
Decidido a cortar os laços com o Departamento, Gabriel Allon refugiou-se nos penhascos da Cornualha com a sua bela mulher, Chiara. Mas, uma vez mais, esse isolamento é interrompido por alguém vindo do seu complexo passado: Julian Isherwood, o sedutor e excêntrico negociante de arte londrino. Como de costume, Isherwood tem um problema. E apenas Gabriel o pode resolver.
Em Glastonbury, um restaurador de arte é brutalmente assassinado e um quadro de Rembrandt, há muito desaparecido, é misteriosamente roubado. Apesar da sua relutância, Gabriel é persuadido a utilizar os seus talentos singulares para encontrar o quadro e os responsáveis pelo crime. Mas, ao seguir meticulosamente um rasto de pistas com início em Amesterdão, passagem por Buenos Aires e fim numa villa nas margens graciosas do Lago Genebra, Gabriel descobre que há segredos mortíferos associados ao quadro. E homens malévolos por trás deles.
Uma vez mais, Gabriel vai ser atraído para um mundo que pensava ter deixado para sempre e deparar-se-á com um elenco extraordinário: uma deslumbrante jornalista londrina, determinada a desfazer o pior erro da carreira, um esquivo ladrão de arte, atormentado pela sua consciência, e um influente multimilionário suíço, conhecido pelas suas boas ações mas bem capaz de estar por trás de uma das maiores ameaças que o mundo enfrenta.

Sobre o autor:
Daniel Silva foi jornalista e trabalhou para a UPI, primeiro em Washington e depois no Cairo, como correspondente para o Médio Oriente. Nesse período cobriu diversos conflitos políticos e a guerra Irão-Iraque. Conheceu a sua mulher, correspondente da NBC, e regressaram aos Estados Unidos, onde Daniel Silva foi produtor da CNN durante vários anos, tendo sido responsável por alguns programas muito populares, como Crossfire, The International Hour e The World Today, entre outros. Em 1997, logo após o êxito do seu primeiro livro, The Unlikely Spy, Daniel Silva resolveu dedicar-se por completo à escrita, tendo entretanto publicado diversos best-sellers mundiais.
O Washington Post coloca-o «entre os melhores jovens autores norte-americanos de literatura de espionagem» e é com frequência comparado a Graham Greene e a John Le Carré. Vive em Washington D.C., com a mulher e os dois filhos. Em 2009, Daniel Silva foi nomeado para o Conselho do Museu do Holocausto dos Estados Unidos.

Género: Thriller
Tradutor: Vasco Telles de Menezes
Formato: 15 x 23,5 cm
N.º de páginas: 448
Data de lançamento: 14 de outubro
PVP: 17,75 €