domingo, 11 de janeiro de 2009

O quase fim do mundo - Pepetela


Comprei este livro um bocado sem saber porquê! Talvez levado pelo ambiente da feira do livro (Lisboa), ou até mesmo pelo facto de o autor estar mesmo ali ao lado, disponível para mais um autografo. Claro que já tinha ouvido falar nele, claro que queria ler algo seu, porém talvez o momento tenha sido propício à compra.
Quanto ao tema, bom aí confesso mesmo, não fazia a mínima ideia. Procurei apenas saber qual era o último. "O Terrorista de Berkeley, Califórnia" era o único de que já tinha ouvido falar, mas ainda assim optei pelo último.
A história, perdoem-me a comparação, é um bocado do género "Ensaio sobre a Cegueira". Um calamidade que, como todas a calamidades aparece sem avisar. De repente, quase todos os seres animais desapareceram e o mundo vê-se deserto. Mas não em Calpe. Não numa pequena zona de África onde afinal nem todos desapareceram. Mas afinal que "coisa" foi esta? Afinal para onde foram todos? Deixámos de ter família?
É as reacções destes seres que Pepetela se propõe a mostrar nesta obra. Foi o meu primeiro livro de um autor angolano. Tenho um pouco de pena de não o ter lido com mais disponibilidade. Penso que teria usufruído muito mais se não tivesse demorado tanto tempo a lê-lo.
Apesar de tudo gostei do livro. Tem uma boa história, é envolvente e consegue prender a leitura. Aconselho vivamente a quem gostar do género.
Por último apenas uma pequena reflexão! Ao ler este autor lembrei-me um pouco do tão malfadado acordo ortográfico. Será que valerá mesmo a pena?

Págs. 382
Ref. ISBN: 978-972-20-3525-5
Editora: Publicações Dom Quixote

7 comentários:

Anónimo disse...

Também comprei este livro na Feira do Livro, mão estava nas minhas prioridade, mas realmente a presença do autor pesou na escolha. Ainda não tive oportunidade de o ler, mas o seu comentário ao livro deixou-me com bastante vontade de o fazer. Já li alguns livros deste autor e confesso que gosto bastante do seu estilo. Recomendo “Predadores” e “A Montanha da Água Lilás”,
Parabéns pelo Blog.

Gracy

Marco Caetano disse...

Olá Gracy

Obrigado pelas suas palavras sobre o blog. Quanto ao livro achei-o de facto interessante. Das suas recomendações posso dizer-lhe que "Predadores" já se encontra na estante dos livrinhos em espera.

Continuação de boas leituras.

Anónimo disse...

Eu tenho de ler este livro o mais rápido possível para a escola.
tenho uma semana para o ler mas nao encontro na internet!será possível ajudarem-me com um pequeno resumo?? nao é necessário ser mt elaborado!E para além de mais estou com uma dúvida. Porque que chamam este livro de romance?? obrigado, espero obter uma resposta rápida.

Marco Caetano disse...

Olá!

Comecemos pela questão porque é este livro um romance?
Simples, na definição de romance é dito que se trata de uma "Narração em prosa, de aventuras imaginárias, ou reproduzidas da realidade, combinadas de modo a interessarem o leitor." Penso que assim facilmente se compreende.

Quanto ao resumo do livro seria complicado fazer-te esse trabalho, porém o livro é de muito fácil leitura. Se tiveres urgência em dois dias consegues lê-lo sem problema. Quando muito poderei tentar ajudar se houver alguma parte que não percebas. Mas não acredito, é um livro muito simples, mas interessante, garanto.

Anónimo disse...

Muito obrigado pela tua resposta! Eu acredito que seja um livro de muito fácil leitura. Mas é verdade também que estou em época de testes, vou tentar ler o mais rápido possível. É uma história que me agrada. Tentei encontrar esse livro na biblioteca da minha escola, mas nao tive exito.
Tentei encontrar esse livro em pdf, mas também nao encontrei, será que conheces algum site para fazer download desse e-book??
obrigado

Marco Caetano disse...

Onde fzer o downlod, não faço ideia. MAs tenho a certeza que em qualquer Fnac ou Bertrand se arranja facilmente.

Bom trabalho!

karipande disse...

Já li todos os livros de Pepetela, todos mesmo, até os que não estão publicados em Portugal. Posso dizer aqui o que lhe disse a ele...Foi dos que não gostei. Ele é só o melhor escritor angolano, a par de Manuel Rui Monteiro, emboora o Pepe seja francamente melhor!!!Vale a pena ler tudo do Pepetela, já que é a história da guerrilha contra Portugal, em que ele esteve, o exílio para onde foi, o monopartidarismo em Angola, a guerra, a paz,a nova "desordem" económica do País...Pepetela romanceia tudo isto ao longo de trinta obras!