sábado, 24 de abril de 2010

A sangue frio - Truman Capote


Nunca tinha lido um romance de não-ficção, ou seja, uma obra toda ela um facto real. A sangue frio é uma obra de referência neste género sendo também a obra-prima de Truman Capote.

Decorre o ano de 1959 na cidade de Holcomb (Kansas), quando os quatro elementos da família Clutter que habitam a Quinta de River Valley são encontrados mortos. Depressa percebemos que foram assassinados e, ao contrário de um policial, não há suspense sobre quem terão sido os assassinos (Perry Smith e Dick Hickock). Pelo contrário há sim um apresentar destes personagens e da forma como pensaram e actuaram em todo o caso.

É uma obra, posso dizê-lo, completamente diferente de tudo o que tinha lido até hoje. Quando leio um romance, no caso deste ser bom, fico preso a ele sempre com o intuito de chegar ao fim e saber como acabou. A sangue frio é uma obra genial porque me conseguiu prender com argumentos completamente distintos desses que estou habituado. A história é narrada da forma como cronologicamente os factos sucederam. E isto em várias vertentes, ou seja, quer no ponto de vista da família assassinada ou no dos assassinos.

Às páginas tantas tive curiosidade sobre o móbil para este assassinato. Mais tarde queria perceber o que se passou na cabeça dos assassinos. Achei curioso que com o desenrolar da história o meu sentimento sobre cada um deles se foi alterando.

Na parte final do livro, há exposições bastante interessantes sobre uma temática sempre actual: a pena de morte. Um tema que é sempre controverso e sujeito a diversas análises. Na minha opinião muito pessoal, é em alguns casos, embora em poucos, a única pena justa.

Fiquei contente com a leitura deste livro e por isso recomendo-o para quando quiserem um romance que foge aos padrões normais, mas repleto de qualidade.

Págs. 396
Ref. ISBN: 978-972-20-3096-0

5 comentários:

Morrighan disse...

Ficou anotado!!!

Gostei muito da tua crítica e fiquei cheia de curiosidade.

Boas leituras*

Carlos Ademar disse...

Concordo,uma grande obra de um grande mestre.

Parabéns pelo blogue que consegue manter um nível de qualidade bem acima da média dos seus congéneres.

Cumprimentos
Carlos Ademar

Tatiana disse...

também adorei este livro!! está mesmo fantástico!

Marco Caetano disse...

@ Morrighan

Ainda bem que te consegui abrir o apetite.
Espero que gostes tanto como eu gostei :)

@ Carlos Ademar

É um prazer receber um elogio de um autor que já li. Quando criei este espaço nunca pensei que isso pudesse acontecer!
Obrigado pelas suas palavras, é sempre bom saber que o nosso trabalho é apreciado.
Bem haja!
E já agora, volte sempre!

@Tatiana

Então parece que estamos de acordo. Uma grande obra de referência. Não é? :)


Para todos, continuação de boas letras...

Tatiana disse...

podes crer!! adorei as horas que Truman Capote me proporcionou!